Potocolo Lavagem Intestinal (clister)

Partilhar
  • A maioria das doenças têm a sua origem no sistema gástrico-intestinal.
  • CDS/MMS elimina a toxicidade e desfaz as aderência.
  • Se eliminarmos a toxicidade, se reduz a fadiga.
  • CDS/MMS elimina biofilm, bactérias, cándida, fungos, matéria fecal encapsulada e parasitas.
  • Através do cólon temos acesso rápido ao fígado pela veia porta.
  • O circuito sanguíneo passa pelo fígado cada 3 minutos.
  • É uma maneira fácil e rápida de desintoxicar o fígado e o sangue.
  • Eficaz em doenças crónicas e auto-imunes.
  • Antigamente já o sabiam, até os 60 anos era comúm esta prática.
  • Actualmente acabou o costume, porque vê-se como “algo sujo”.
  • É um método básico de cura indiana.
  • É imprescindível em terapias de detoxificação
  • 1 deposição diária (mínimo), significa saúde intestinal.
  • Este protocolo substitui um tratamento via oral.

Dr. Andreas Kalcker

Procedimento:

Proporção: 1 gota activada MMS (ou 1 ml CDS) por cada 100 ml de água morna. No caso do MMS as gotas devem ser activadas sempre num recipiente seco e vazio (esperar mínimo 30 segundos). Depois será misturado com a quantidade de água, por exemplo:

– Para 500 ml de água ……… 5 gotas MMS ou 5 ml de CDS

–  Para 1 litro de água………… 10 gotas MMS ou 10 ml CDS

– Para 1,5 litros de água………. 15 gotas MMS ou 15 ml CDS

– Para 2 litros de água………… 20 gotas MMS ou 20 ml CDS

Encher o irrigador com a mistura (água morna + MMS/CDS).

A melhor postura é deitado do lado direito. Ajuda a encher o cólon todo.

Esvaziar o ar presente na mangueira do irrigador. Introduzir a ponta no ânus (pode usar um lubrificante natural). Abrir a válvula e esperar a esvaziar o irrigador. Tirar o aparelho do ânus e tentar aguentar uns 3 minutos para depois soltar naturalmente na sanita.

Precaução: Não deve haver dor. Se houver imediatamente deter o procedimento e evacuar na sanita. Apenas deve-se sentir uma grande vontade de ir à casa de banho, por causa dos normais movimentos peristálticos.

Recomenda-se iniciar com pouca quantidade para aumentar enquanto o organismo habitua-se.

APLICAÇÃO COM PÊRA.

Está destinado para aplicação rectal com uma pêra de borracha de uns 100 a 150 ml. Este protocolo é ótimo para feridas anais, hemorroidas, cancro de próstata, cistite, zona renal.

Activar 6 gotas de MMS ou usar 6 ml de CDS e misturar com 150 ml de água. Encher a pêra com a mistura e introduzir no ânus. É melhor fazer depois de uma defecação; a ideia além de fazer uma limpeza será permitir a absorção do dióxido de cloro na zona intestinal. Tentar aguentar uns minutos e soltar na sanita normalmente.

LAVAGEM VAGINAL.

Será necessário o irrigador vaginal (parecido ao intestinal mas com uma ponta diferente, alongada) ou também uma simples garrafa de plástico transparente. Deve usar 500 ml de água morna com 6 gotas activadas previamente de MMS ou 6 ml de CDS. Sentada na banheira introduzir na vagina e apertar para esvaziar o aparelho. Tentar aguentar uns 3 a 5 minutos e soltar.

Precauções:

  • Não deve entrar ar
  • Usar água pura ou desmineralizada
  • Água a temperatura corporal
  • NÃO REALIZAR TRATAMENTO EM MULHERES POST-CIRUGIA OU ANTES DE 40 DIAS DO PARTO.

 

 

Partilhar